Como Emitir NFe GRÁTIS no Easygestor [Passo a Passo]

Você que é MEI, ME, EPP ou de outros enquadramentos, sabia que há uma alternativa gratuita de emissão de notas fiscais no sistema Easygestor? Emita NFe, NFCe ou NFSe de forma ágil e prática, até mesmo pelo celular, tablet ou computador, sem precisar de instalação.

Nesse artigo, vamos lhe mostrar um passo a passo de como se cadastrar no Sistema e emitir NFe (nota fiscal de produto). Atualmente, você tem direito a até 5  NF-e gratuitas, por um determinado tempo, mas pode ser que mais pra frente esse número se altere, ou você consiga até mesmo bônus de mais notas gratuitas.

Antes de mais nada, se você quiser ver o passo a passo explicado por vídeo, clique direto aqui.

.

.

Para começar o processo de emissão, você precisa de:
– Um  Certificado Digital modelo A1 no formato .PFX com a senha que você cadastrou na validação;
–  Possuir CNPJ ativo;
– Credenciamento na SEFAZ do seu Estado.

Cadastro/Login

O primeiro passo é entrar no site do EasyGestor  e clicar em Experimente grátis.
Logo após, você será redirecionado(a) para a página de cadastro.

.

.
.

Na página de Cadastro, você coloca seus dados pessoais e cria sua senha de acesso. Depois disso, basta clicar em Criar Conta. Caso já tenha cadastro, basta ir em Faça seu Login e colocar seus dados de acesso.

..

 

.

.

Cadastro de Filial

A primeira tela do Easygestor é uma tela com o gráfico geral de Dashboard. Se você já fez vendas, você vai conseguir inclusive acompanhar as vendas do mês, a venda do dia e as vendas do ano, por exemplo. Se você tiver fazendo a sua declaração anual do MEI, você consegue saber o quanto foi vendido naquele ano sem ter muita dor de cabeça. É super simples, e para quem está fora do MEI, também tem várias opções. Para quem está no simples e fora do simples também!
Você conseguirá acompanhar o lucro presumido, lucro real e é fácil de configurar!
.

 

.

..

Depois de cadastrar a sua empresa no botão ”Cadastrar Filial”, no qual o sistema já cadastra automaticamente a maior parte dos dados, automaticamente você vai ter acesso a tela que você verá abaixo:.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Após isso, automaticamente o sistema vai pedir para você cadastrar um certificado digital, como você pode ver na tela que mostramos abaixo, pois esse passo é obrigatório para qualquer emissão de nota fiscal, independente da plataforma a qual você está usando!

 

 

Atenção! Caso ainda não possua um Certificado Digital, você pode comprar um clicando nesse botão aqui. Caso você já possua um certificado digital, você precisará somente anexar o seu Certificado no Easygestor. Após cadastrar o seu certificado, cadastre a sua empresa, e logo após, cadastre os seus produtos de acordo com a tela a seguir:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.
Feito isso, como você pode observar na tela a seguir, o produto poderá ser importado de uma nota de compra que você fez, ou você pode importar com o código de barras da também. Se você já usou um outro sistema na vida, você pode importar o XML da nota de saída do sistema que você usou e automaticamente o sistema irá importar o produto.
.

 

.

No próximo passo, você irá preencher o dados do produto, preço de venda, preço de custo, colocar quantas unidades possui e logo abaixo você coloca códigos de NCM, CFOP e CEST, que é só você digitar e ele vai preencher para você automaticamente, Ou você poder conferir esses códigos na nota de entrada.

.

Cadastro de Produto
Aqui você preenche as informações do seu produto:

– O   Código interno é o código de referência do seu produto, e se você quiser, pode trocar esse código pela forma que melhor lhe atende;
– A   Unidade  é a medida de como você vende seu produto, ou seja, Unidade, KG, L, CX, etc, Se precisar, você pode adicionar mais tipo de unidade;
–   Categoria  é o tipo de produto que você vende, podendo adicionar novas categorias para seus produtos. Aqui é interessante adicionar pelo menos uma categoria, para quando você for fazer relatório, você conseguir segmentar por tipo de produto vendido;
–   NCM  é a Nomenclatura Comum do Mercosul. Se você não sabe o NCM do seu produto, você pode consultar em alguma nota fiscal de entrada, que está na nota fiscal do produto que você comprou pra revender. Ou pode acessar o link abaixo da caixa de texto, para acessar uma tabela com vários códigos de NCM;
–  CFOP  é o Código Fiscal de Operações e de Prestações, e ele indica o tipo de operação que você faz. Os mais comum são os indicados na sessão de sugestão.  

  •  5101:  é o código de mercadoria produzida. Um restaurante, por exemplo, que compra os insumos e produz seu próprio produto, estaria nessa categoria;
  • 5102:  é o código de mercadoria adquirida. Um supermercado que compra os produtos e revende é um exemplo dessa categoria.

ICMS  para você que é MEI, empresa de pequeno ou médio porte, só precisa inserir o imposto ICMS. Clique em criar (pode colocar no nome Simples nacional), escolha se a origem da mercadoria é Nacional ou Estrangeira, e selecione o CSOSN (Código de Situação da Operação do  Simples Nacional).  A maioria das empresas se enquadra no 102 (Tributada pelo Simples Nacional sem permissão de crédito), mas se você tiver dúvidas, recomendo que pergunte a um(a) contador(a).

.

.
Feito isso, você vai salvar o seu produto.
.
O próximo passo para emissão da sua nota é o cadastro de clientes, que poderá ser dividido em pessoa física ou jurídica. Aqui, você vai escolher o tipo de empresa. Se a sua for pequena ou média empresa, do regime do  Simples Nacional,  você marca Pessoa  Jurídica, mas se você for MEI, marque a opção MEI. Depois disso, clique em Próximo.
.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Um detalhe interessante neste passo pra pessoa jurídica, é a questão da isenção da inscrição estadual:

Inscrição estadual: se não souber seu número da  Inscrição Estadual, neste  link  abaixo da caixa de texto, você consegue descobrir de forma fácil.
CNAE: se não souber sua Classificação  Nacional de Atividade Econômica (CNAE)  principal, basta clicar no  link  abaixo da caixa de texto, e você será redirecionado(a) para a página de consulta.
– CRT: aqui você vai marcar o seu Regime tributário. Se for MEI, provavelmente você é do Simples Nacional (lembrando que no momento, as notas gratuitas são apenas para empresas no Simples Nacional, Pequena e Media ou MEI).

.

Após preencher todo o formulário, basta clicar em emitir nota, de forma simples e fácil, como poderá ser visto na tela a seguir:

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Após isso, clique em destinatário e selecione o cliente:

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.
Depois de adicionar o destinatário, você vai escolher entre nota de saída de entrada, se é uma venda, se é uma remessa. O EasyGestor já deixa pré preenchido para o padrão que é venda para você. Feito isso, clique em “é uma operação presencial”. Em seguida já estará tudo pré-preenchido, mas você pode trocar também.
.

 

 

 

 

 

 

 

 

.
Após isso, adicione um item, que já deverá ter sido cadastrado previamente e escolha seu produto e clique em avançar:
.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

No próximo passo você irá preencher a forma de recebimento do pagamento, como é feito na tela abaixo, e após clique em “avançar”:

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Por último, você irá clicar em “emitir nota”. A emissão da sua nota poderá ser pré-visualizada, caso você queira, não sendo um item obrigatório nesse passo a passo!

.

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Prontinho! Sua nota acaba de ser emitida com o Easygestor. Agora você poderá baixá-la em arquivo PDF ou enviar via XML pelo WhatsApp, ou até mesmo enviar para o e-mail do destinatário!

.

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.

Escolha seu Plano

Quando você entrar nessa tela, você irá selecionar o plano Easygestor WEB FREE, que lhe dá direito a:
– 05 Notas gratuitas;
    – Validade de até 01 ano, para emitir essas notas;
    – Renovação do Certificado Digital conosco, garantindo pacote adicional de bônus de mais notas gratuitas, válidas por 01 ano.

.

Configurações de Emissão de nota (apenas para quem já emitiu nota fiscal anteriormente).

Se você já emitia nota antes, você precisa atualizar o número da NF-e e a Série. Eles são como o nome e sobrenome da nota fiscal, e não podem se repetir. Você pode descobrir a numeração certa consultando a última nota fiscal que você emitiu, ou no emissor que você utilizava, se você usava algum. Mas se não conseguiu descobrir, apenas pule uma Série e recomece a contagem da numeração, e depois clique em salvar configurações. 

E então,  ficou com alguma dúvida ainda?

Se precisar de ajuda, entre em contato com nossos atendentes pelo Whatsapp, ou acesse o nosso canal no Youtube e deixe nos comentários sua dúvida.

.

Para acessar o Easygestor e emitir suas notas GRATUITAS Clique aqui.

Gostou desse Artigo?

Compartilhe este post!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Cadastre-se na nossa Newletter

Receba atualizações semanais dos nosso conteudos em primeira mão

Outros conteúdos que podem te interessar

Gestão & Organização

Como Fazer Código de Barras GRÁTIS E RÁPIDO

Para baixar o programa e gerar código de barras gratuitamente, acesse: https://conteudo.otimizeseunegocio.com/como-fazer-codigo-de-barras Precisa de ajuda profissional? Acesse: https://conteudo.otimizeseunegocio.com/quero_ajuda_com_codigo_de_barras         #codigodebarras #comofazercodigodebarras #criarcodigodebarras #codigodebarrasgratis

Legislação

Notas Fiscais Inutilizadas. O que são? Quais os riscos para MEI?

Você que é MEI de um Estado cujo regulamento autoriza a emissão de NF-e, possivelmente já pesquisou sobre opções de emissor de notas fiscais para