NF-e e NFC-e: sou obrigado emitir?

Você abriu sua empresa e já está pronto para vender? Tenha calma para evitar complicações e multas da Receita Federal Brasileira. Saiba se sua empresa é obrigada a emitir cupom fiscal e de que tipo de nota, suas definições, vantagens e desvantagens.

Cupom Fiscal

NF-e e NFCe: o que são?

 

NF-e

A Nota Fiscal Eletrônica é um documento fiscal emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou prestação de serviço.

 

NFC-e

A Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica tem as mesmas características da NF-e, porém quando se fala em NFC-e nó estamos falando de venda ao consumidor final.

 

É obrigatório?

Para a emissão da NF-e e NFC-e, é necessário estar regulamentado junto à Receita Federal, possuir um CNPJ e adquirir um Certificado Digital – que é emitido por uma Certificadora credenciada. Após isso, é preciso seguir alguns passos, como, por exemplo, realizar o credenciamento da empresa na Secretaria da Fazenda, fazendo com que a Inscrição Estadual esteja regularizada, além do cadastro da empresa para emissão de notas fiscais, possuir um software para emissão de notas fiscais instalado em um computador e outras obrigações.

 

Vantagens e desvantagens

ECF

NFC-e

No caso da NFC-e, a redução de custos se dá também através da obtenção dos equipamentos emissores. Enquanto a emissão do cupom fiscal requer uma impressora fiscal, que é um equipamento específico e de alto valor, o NFC-e pode ser impresso em qualquer impressora, mesmo as domésticas, além de poder ser totalmente digital, enviado por e-mail ao cliente. Outro ganho com a NFC-e é a integração com dispositivos móveis para geração e recebimento de documentos fiscais, como notebooks, tablets e smartphones. De qualquer lugar e a qualquer hora, é possível gerar, visualizar e receber notas fiscais. Esses documentos também podem ser acompanhados em tempo real, inclusive pelo consumidor, o que aumenta a segurança em relação às compras.

Enquanto desvantagem, não há um software oficial para a emissão da NFC-e, e cabe lembrar que como o sistema utilizado para a emissão de NF-e não pode ser utilizado para esses casos, é responsabilidade de quem vende encontrar um software emissor de NFC-e que o atenda. Há vários sistemas disponíveis no mercado que realizam essa função muito bem.

 

NF-e

Já no caso da NF-e, existem softwares específicos para a sua emissão, que podem ser fornecidos gratuitamente em alguns estados, mas precisa ser pago em outros.

 

Agora que você já sabe o básico, precisa iniciar sua busca por um sistema confiável, fácil e que atenda completamente o seu negócio. Dê preferência à soluções que forneçam suporte e ajuda por telefone ou acesso remoto, pois haverão dúvidas e ninguém gosta de ficar na mão. Até a próxima!

EMPREENDEDOR DE SUCESSO ESTUDA MUITO:

ASSINE NOSSO CONTEÚDO E RECEBA OS MELHORES ARTIGOS E MATERIAIS. É GRÁTIS!


Clicando você aceita os Termos de Uso